Siga o Blog por E-Mail.

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Sistema Arapuan, Com as Mulheres e o Povo da Paraíba ou com o Machismo e a Xenofobia de Sikêra Júnior?



Antes de mais nada quero parabenizar Kaline Lima por sua postura ágil e guerreira, como em sua arte, ao não ter calado diante das agressões de Sikêra Júnior (Seu Ninguém) contra as mulheres. Sabemos que Kaline tem sua arte conhecida e reconhecida em nossa Paraíba, não precisa provar nada para um suposto jornalista (fosse Jornalista não agiria assim) que usa do preconceito para, ele sim, se autopromover.

Agora sim, gostaria de dialogar com o Sistema Arapuan. Sabemos que esse apresentador não tem responsabilidade, mas tem usado da imagem desse importante sistema de comunicação para vomitar seus preconceitos, ou seria uma nova linha editorial? Se o Sistema não tomar alguma medida, esse vai ser o entendimento de toda Paraíba.

Em um dia, Seu Ninguém usa toda sua arrogância e seu machismo contra as mulheres; no outro, ao tentar fazer um contraponto diante da bela defesa feita por Kaline, Seu Ninguém vai além e vomita seu ódio e preconceito contra mulheres e contra toda Paraíba.

“Não lhe conheço e não dou cabimento”, foi uma das formas que a tela Sistema Arapuan tratou uma conhecida e querida mulher. O Sistema Arapuan só trata bem quem ele conhece? Pois eu também não sabia quem era o Seu Ninguém, mas infelizmente fui apresentado da pior forma. Seu Ninguém, você precisa melhorar muito para ser uma pessoa qualquer, como nós que respeitamos @s outr@s. E sim, Kaline e nós da Paraíba valemos muito. Resta saber quanto o Sistema Arapuan acha que você vale, se mais do que nós, povo da Paraíba.

Sim, Povo da Paraíba. Além do conhecido Machismo do apresentador do Sistema Arapuan, ele deixou escapar sua Xenofobia, conseguiu atingir toda Paraíba ao abrir a boca para dizer “não sou daqui, nem vim para ficar”. Pois eu sou daqui e vim para ficar, não escolhi onde nascer ou onde crescer, mas escolhi onde viver, nessa terra linda onde o sol nasce primeiro para pegar do nosso calor e ter energia para iluminar o restante do continente. Aqui somos acolhedores/as, mas não somos submiss@s.

Veio para cá, mas Sikêra ficar, tem que respeitar, do contrário, vaza!

Parabéns, Kaline Lima. Espero ter a oportunidade de também parabenizar o Sistema Arapuan que ainda tem tempo de pedir desculpas e afastar quem não respeita as mulheres e o povo da Paraíba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.