Siga o Blog por E-Mail.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Aumento das passagens e despesas com publicidade, o que possuem em comum?

Iniciou a onda dos aumentos das passagens, já foram seis capitais. Quem entende passageiros/as como consumidores/as vai encontrar muitos argumentos para justificar esse tipo de aumento, mas nós, que defendemos que o transporte público seja tratado como um direito, assim como educação e saúde, questionamos esses frequentes aumentos.

Em 2013 dezenas de gestores diziam ser impossível reduzir as tarifas, o povo tomou as rua e não só alcançou a redução das passagens, como conquistou o passe livre em diversas cidades, além de outras importantes conquistas.

Em João Pessoa, ainda em julho de 2015, logo após o Prefeito Luciano Cartaxo (ainda no PT) aumentar as passagens para R$2,70, o Mário Tourinho, diretor da AETC-JP, deu declarações de que não descartava a possibilidade de um novo aumento no preço das passagens para janeiro de 2016; ali ele inciava o roteiro do próximo aumento.

Agora, em janeiro de 2016, leio em diversos portais declarações, do mesmo Mário Tourinho (já conhecido defensor das empresas de ônibus e sempre bem articulado com os gestores da nossa João Pessoa), apontando para um novo aumento nas passagens, algumas das declarações levam a entender que a passagem poderá passar dos R$3,00.

O mesmo teatro começa a ser armado, a diferença é que o Prefeito Luciano Cartaxo (agora no PSD) não tem autoridade moral para pensar em aumentar o preço das passagens, mesmo que tentando justificar com a crise econômica; e não estou fazendo essa afirmação devido as denúncias de desvio de recursos públicos na obra da Lagoa, mas pelos mais de 14 milhões (R$14.400.848,00) gastos com propaganda.

Em 2015 Cartaxo gastou mais de 14 milhões em Propaganda e apenas pouco mais de 8 milhões com Transporte. Somando Habitação, Gestão Ambiental e Saneamento a cifra gasta pelo prefeito não chega a 10 milhões. Já o total pago com Ciência e Tecnologia limitou-se a aproximadamente 1 milhão e meio. A disparidade não para nessas classificações orçamentárias, somando valores gastos com Cultura, Desporto e Lazer, Trabalho e Direitos da Cidadania, ainda ficam faltando 2 milhões para alcançar o total gasto pelo prefeito com propaganda.[i]

O aumento das passagens e as despesas do governo municipal com publicidade é uma verdadeira imoralidade, um ataque aos nossos direitos. Verdade, não podemos refazer as despesas de 2015, mas podemos impedir novos aumentos de passagem em 2016 e fiscalizar de perto as despesas com publicidade em um ano eleitoral.

Não é por centavos e não é por milhões, é por direitos.




[i] As informações foram retiradas de pesquisa realizada no dia 04 de janeiro de 2016 no Portal da Transparência da Prefeitura de João Pessoa. O período delimitado foi entre o dia 01 de janeiro e 30 de dezembro de 2015. O portal informava ter sido atualizado em 04 de janeiro de 2016 e o último registro realizado em 30 de dezembro de 2015. Os valores utilizados no texto como pagos foram retirados da coluna “Pago para liquidações do período”, mas caso eu tivesse utilizado o valor “Empenhado”, ainda assim seria vergonhoso para o prefeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.