Siga o Blog por E-Mail.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Tárcio Teixeira, Sobre o impeachment da Presidenta Dilma.

Vivemos um dia histórico em nosso país, esse 02 de dezembro de 2015.

A pessoa mais questionada de todo Brasil, por sua forma truculenta de presidir a Câmara dos Deputados e diante das graves denúncias que recaem sobre ele, Eduardo Cunha, autoriza a abertura do processo de impeachment da Presidente Dilma.

Um Congresso apodrecido decidindo os rumos da frágil democracia brasileira.

Movimento que só é possível devido a traição histórica do Partido dos Trabalhadores contra os que vivem do trabalho. As contrarreformas previdenciárias, a entrega dos nossos Portos e Aeroportos, a retirada de direitos trabalhistas e todo ajuste fiscal, seguiu a mesma política do PSDB de Serra, Aécio, FHC e, aqui em nossa Paraíba, de Cássio Cunha Lima.

Uma traição histórica que colocou o PT no canto do ringue para ser golpeado pelo que tem de mais atrasado na Política Brasileira.

Um Processo de impeachment presidido em base a chantagem de Eduardo Cunha para evitar seu processo de cassação deve ser rechaçado por todos e todas que defendem a república e a frágil democracia brasileira.

Não vamos aceitar a falácia dos que fazem a velha política divida o Brasil entre os que querem o impeachment e os que defendem o Governo.

Esse governo é INDEFENSÁVEL, mas nossa frágil república não aceitará, nem suportará a liderança de Eduardo Cunha e seus aliados em um golpe, mesmo que sem fuzil.


Somos Oposição de Esquerda ao Governo Dilma, Estamos com a República e a Democracia. Seguiremos na luta por direitos!

Um comentário:

  1. Parabéns companheiro, o PSOL paraibano demonstra que os interesses políticos da esquerda brasileira deve esta acima do bem ou do mal. Seguiremos a nossa luta por direitos sociais, contra a corrupção, em defesa da apuração e condenação para todos os desvios praticados contra quem quer que seja, mas não podemos nos calar diante de golpes de direita e conservadores, contra a república e contra a democracia brasileira.

    ResponderExcluir

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.