Siga o Blog por E-Mail.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Vereadores/as de João Pessoa e Bolsonaro, Mais Lixo na Política. #ForaBolsonaro*

*Tárcio Teixeira- Ex Candidato ao Governo 
da Paraíba, Presidente do PSOL/PB,
membro da Comissão Nacional de
Ética do PSOL.


Uma Câmara Municipal que aprova por maioria uma Sessão Especial com Jair Bolsonaro (PP-RJ) não vale nada para política, não vale nada para democracia brasileira e para transformação social que a sociedade tanto clama. Defender Bolsonaro é o mesmo que defender os valores antirrepublicanos defendidos pelo lixo da política brasileira. A Câmara de João Pessoa definitivamente chegou ao fundo do poço, precisa ser refeita, quem vota com Bolsonaro não merece representar o povo de João Pessoa.

Que a Elisa Virginia defenda o Bolsonaro, é de se esperar, ela é uma das representações do atraso da política paraibana, é uma mulher que cala diante das conhecidas declarações de Bolsonaro contra as mulheres, é uma Vereadora que ataca a diversidade da nossa Capital; mas a maioria da Câmara de João Pessoa seguir a mesma linha de defesa de Bolsonaro é o sinal de que a lama cobre o legislativo municipal.

Defender Bolsonaro é defender a Ditadura, a violência contra as mulheres, o racismo e a homofobia, ou esses/as parlamentares esqueceram que Bolsonaro: em meio aos trabalhos da Comissão da Verdade da Câmara dos Deputados, agrediu fisicamente um Senador da República na frente da antiga sede do DOI-Codi, da mesma forma que fazia os militares da Ditadura; trata do estupro com deboche e afirma que as mulheres devem receber salários inferiores aos dos homens pelo fato de engravidarem; defende o retorno da ditadura militar; relaciona homoafetividade com pedofilia. Esse fanfarrão não é bem-vindo em nossa Paraíba.

Fora Bolsonaro, que a Câmara Municipal cancele a Sessão da Vergonha!

_______________

Leiam algumas das arbitrariedades defendidas por Jair Bolsonaro:
1. “O erro da ditadura foi torturar e não matar.” (Jair Bolsonaro, em discussão com manifestantes)
2. “Pinochet devia ter matado mais gente.” (Bolsonaro sobre a ditadura chilena de Augusto Pinochet. Disponível na revista Veja, edição 1575, de 2 de Dezembro de 1998 – Página 39)
4. “Não te estupro porque você não merece.” (Jair Messias Bolsonaro, para a deputada federal Maria do Rosário)
5. “Eu não corro esse risco, meus filhos foram muito bem educados” (Bolsonaro para Preta Gil, sobre o que faria se seus filhos se relacionassem com uma mulher negra ou com homossexuais)
6. “A PM devia ter matado 1.000 e não 111 presos.” (Bolsonaro, sobre o Massacre do Carandiru)
7. “Não vou combater nem discriminar, mas, se eu vir dois homens se beijando na rua, vou bater.” (Afirmação de Jair Bolsonaro após caçoar de FHC sobre este segurar uma bandeira com as cores do arco-íris)
8. “Você é uma idiota. Você é uma analfabeta. Está censurada!”. (Declaração irritada de Jair Bolsonaro ao ser entrevistado pela repórter Manuela Borges, da Rede TV. A jornalista decidiu processar o deputado após os ataques)
9. “Parlamentar não deve andar de ônibus”. (Declaração publicada pelo jornal O Dia em 2013)
10. “Mulher deve ganhar salário menor porque engravida” (Bolsonaro justificou a frase: “quando ela voltar [da licença-maternidade], vai ter mais um mês de férias, ou seja, trabalhou cinco meses em um ano”)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.