Siga o Blog por E-Mail.

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Cartaxo (O Prefeito Quebra-cabeça) não é o PT da Entrada, Mas é o PT da Saída!

Mais uma do Prefeito quebra-cabeça*, querer reinventar a política com o que ela tem de mais velha, pedaços do PSDB que optaram por seguir na estrutura do poder. Qualquer semelhança entre PMDB e PSD não é mera coincidência.

Não é de hoje, há quase dois meses eu dizia ao companheiro Avenzoar que ninguém deveria ficar surpreso caso Cartaxo saísse do PT e fosse o candidato oficial pelo PSDB; verdade, ele foi para o PSD, mas ainda pode ser o candidato oficial do PSDB e aliados, errei na legenda e acertei na política.

Cartaxo desfez e refez praças; adaptou creches no processo de municipalização; fez concurso e manteve a ampla contratação de prestadores; fez e desfez alianças; reduziu e aumentou (ainda mais) o preço das passagens; defendeu o PT e detonou o PT; desfez e ainda não refez a Lagoa; derrubou árvores e não melhorou a mobilidade humana, assim como não reduziu o déficit imobiliário. Em outras palavras, sempre recomeça o quebra-cabeça, sempre promete o fim dos trabalhos, até termina alguns algumas simples adaptações, fechando uma pequena parte do quebra-cabeça, mas nunca resolve os problemas estruturantes da nossa cidade. Esse é prefeito quebra-cabeça!

Verdade, Cartaxo nunca foi o militante do começo do PT, daquele PT que lutava por direitos, pela transformação social, daquele partido que não se coligava simplesmente por querer cargo. Cartaxo sempre evitou enfrentamentos diretos com as oligarquias da Paraíba, é pública a intenção que ele teve em fechar uma aliança com PSDB em outras oportunidades. Cartaxo nunca foi do PT das origens!

Também é verdade que Cartaxo cabe perfeitamente no PT da sua saída, sem crédito, queimado devido a traição cometida contra os/as trabalhadores/as. Assim como o atual PT, Cartaxo é aliado de qualquer um, sua base aliada na câmara vai do DEM ao PSDB, do PT ao PSD, ele cabe em qualquer um. Não é o militante das origens, mas, para onde quer ele vá, sempre carregará o fardo do PT da atualidade, contra os/as trabalhadores/as.

Cartaxo dirige uma gestão que não avança em quase nada na melhoria da cidade; digo quase nada por um simples fato, foi na gestão dele que avançou o processo municipalização das creches, com recursos e gente pressionado para avançar; não seria igual, mas não seria muito diferente qualquer outra gestão tradicional tocando esse processo de municipalização.

Na saúde, na segurança, na educação, no diálogo com as diferentes categorias do serviço público, em nada esse gestor municipal avançou. O PT usou e abusou dos cargos de confiança, calando diante dos desmandos da atual gestão; seguindo ou não com os cargos na atual gestão, será um dos responsáveis pelo atual abandono da nossa cidade.

Nós, do PSOL, seguimos erguendo as bandeiras e os princípios abandonados pelo PT, seguimos ao lado dos/as trabalhadores/as, não abandonaremos nossos princípios e ergueremos cada vez mais a bandeira da ética e da transformação social. Se Cartaxo e o PT se alia com qualquer um, nós não, seguiremos com os/as trabalhadores/as, seguiremos com nossa cidade, seguiremos por uma nova João Pessoa.

Com ou sem a contrarreforma de Eduardo Cunha, teremos candidato a Prefeito e elegeremos os/as primeiros/as vereadores/as do PSOL em João Pessoa.


*expressão decorrente de uma conversa com o militante Júlio Cezar que, como bom conhecer da causa do povo, começou a relatar que tudo que Cartaxo fazia era remendar o que já existia.

2 comentários:

  1. O texto é simplesmente lúcido e marcado por uma escrita gostosa, pois faz trocadilhos e deixa leve, um tema tão amargo e seboso. Parabéns. Segue uma outra versão dessa sujeira política - http://guarabira50graus.blogspot.com.br/2015/09/luciano-cartaxo-depois-de-usar-abusar-e.html

    ResponderExcluir

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.