Siga o Blog por E-Mail.

sábado, 13 de junho de 2015

Ricardo Coutinho Joga na Lata do Lixo sua História na Defesa dos Direitos Humanos.

Durante toda semana, vi boquiaberto a forma violenta como populares acusavam e desejavam o mal de pessoas presas por suposto envolvimento na morte de um Policial Militar na cidade de Patos-PB (06/06/2015). Essas mesmas pessoas defendiam a postura da Policia Militar (PM), que organizou um desfile oficial nas ruas da cidade com os detidos expostos na parte de cima das viaturas.

Menos de uma semana depois, é comprovada a inocência de pessoas expostas no desfile da PM. Inocentes que, segundo alguns portais de notícia, foram agredidos por populares enquanto eram escoltados para o interior da Delegacia. Quem defendeu a ação da PM deve revisar sua postura de imediato, esse exemplo concreto deve servir de exemplo para evitar prejulgar as pessoas.

Antes um bandido solto que um inocente penalizado, essa é uma máxima que deve ser sempre atual. Fazer justiça com as próprias mãos ou prejulgar, como vimos no caso em debate ou como vemos todos os dias nos programas policiais da televisão brasileira, é um crime.

O Governador é responsável pela exposição desses inocentes, Ricardo Coutinho joga na lata do lixo sua história na defesa dos Direitos Humanos. Como não bastasse o silêncio com a prisão dos Conselheiros/as do Conselho Estadual dos Direitos Humanos (CEDH) em inspeção realizada em presídio da Paraíba e a inércia diante das graves denúncias envolvendo as unidades da FUNDAC, agora Ricardo Coutinho deixa o caso de Patos correr solto, como se ele não tivesse responsabilidade com o caso.


Felizmente o Ministério Público da Paraíba já anunciou que irá investigar a exposição dos presos apresentados pela PM em desfile oficial, mas quem irá investigar o Governador? Ou não é dele o comando da Polícia Militar da Paraíba?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.