Siga o Blog por E-Mail.

terça-feira, 16 de junho de 2015

Maioridade Penal, alguns aspectos não presentes em meu último texto.

("Maioridade Penal, Lembre-se da Nossa Adolescência, Reflita Sobre os Responsáveis pela Violência, e Diga Não para Redução." - http://www.tarcioteixeira.com/2015/06/maioridade-penal-lembre-se-da-nossa.html)

Ontem participei de uma reunião preparatória para o ato contra o extermínio da juventude, no meio da conversa surgiram alguns aspectos sobre redução da maioridade penal que não estamos (sociedade) tão atentos/as:

1. o mercado do sexo, sem dúvida, é parte da campanha pela redução da maioridade penal, já que meninas e meninos de 16 anos poderão, legalmente, compor a rede de exploração sexual;

2. a campanha que o TJPB faz contra o consumo de bebidas por menos de 18 anos, tão aplaudida pela moral de plantão, cairá por terra e a indústria de bebidas ficará muito feliz;

3. a tão alardeada maturidade dos 16 anos para todos os aspectos sociais estará presente no trânsito e no mercado de trabalho, neste último caso não como estagiários/as em formação, mas como mão de obra barata em meio a um mercado que querem tornar completamente terceirizado.

Por fim, outra breve reflexão, quando é na hora de fazer a reforma política impõem limites de idade que retira da juventude a possibilidade de candidaturas ao Senado, Governo e Presidência, adolescentes possuem maturidade penal e não política ou querem seguir dando ordens para juventude?

Mais detalhe sobre esse debate da maioridade penal foi publicado no http://www.tarcioteixeira.com/2015/06/maioridade-penal-lembre-se-da-nossa.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.