Siga o Blog por E-Mail.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Lutar por Direitos e Derrotar os Velhos Jovens Filhos das Oligarquias


Não podemos chamar todos os/as idosos/as de velhos/as, muitas vezes não são, mas podemos afirmar que todos os jovens Deputados Federais da Paraíba fazem a velha política em constante ataque a democracia, estou falando dos filhos das oligarquias, estou falando de Efraim Filho (DEM), Hugo Mota (PMDB), Wilson Filho (PMDB) e Pedro Cunha Lima (PSDB), todos eles votaram favoráveis ao financiamento privado de campanha, todos votaram pelo distritão; propostas que atacam a democracia e oficializam a corrupção ao envolver oficialmente empresas no financiamento eleitoral. O Efraim Filho, base do Governo Ricardo Coutinho, é o mais velho de todos, até pela manutenção da reeleição ele votou.

Esses mesmos velhos jovens votaram contra os direitos trabalhistas ao votarem na terceirização (PL 4330) ou em uma das MPs (664 ou 665), "salvou" apenas o jovem Pedro Cunha Lima que resolveu seguir o pai e o PSDB na votação das MPs, como se não fosse esse partido que iniciou a onda de horror contra os/as trabalhadores/as brasileiros/as, mas esse mesmo jovem votou contra a juventude ao ser favorável a redução da maioridade penal. Ser jovem não significa defender mudança na política, verdade, alguns com mais de 40 ou acima dos 60 anos seguem a mesma linha de ataque a classe trabalhadora, como fez Manoel Junior (PMDB), Veniziano Vital do Rego (PMDB), Aguinaldo Ribeiro (PP), Wellington Roberto (PR), Benjamin Maranhão (Solidariedade) e Rômulo Golveia (PSD), todos esses também votaram em defesa das empresas na política e contra o povo.

Claro, pode ficar pior, verdade que todos os que citei receberam dinheiro de empreiteiras, legislaram em causa própria; mas pior é o jovem velho Hugo Mota, jovem do PMDB do autoritário Educar Cunha, jovem presidente da CPI da Pretrobras, jovem recebedor de dinheiro de empresas envolvidas no esquema da lava jato, jovem que liberou empresários de oitivas na CPI.

Derrubemos esses velhos jovens, filhos das oligarquias que agem como seus pais, velhos políticos da mesma ordem social. Sigamos o exemplo de parlamentares como Ivan Valente e Chico Alencar, ambos com mais de 60 anos e uma grande juventude, uma grande vontade de mudar.


Vamos fazer como esses e outros/as maiores de 60 que não desistiram de lutar. Que o dia 29 de maio (sexta-feira, 9h, na Lagoa) seja um marco na luta unitária dos/as trabalhadores/as contra a retirada dos direitos, um marco na luta unitária por democracia, vamos dizer não para #PECdaCorrupção e sua contrarreforma política, vamos dizer não para o PL 4330 e as MPs 664 e 665.

Um viva para luta dos/as trabalhadores/as!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.