Siga o Blog por E-Mail.

quarta-feira, 7 de maio de 2014

“Entre Sedes”, João Pessoa Entra na Rota da Copa da FIFA! Queremos a Qualquer Custo?


Um Convite Para Refletir e Reivindicar Direitos
O Mapa da Paraíba ficou espremido pelo mapa da FIFA. Somos a ponta mais próxima do Continente Africano, embarcando na Ponta do Seixas pegando o Oceano Atlântico em direção ao Leste, chegamos à região da Copa de 2010; seguindo a BR 230 sentido Oeste, chegamos ao Ceará; pelo Norte da Bússola chegamos ao Rio Grande Norte; e olhando para o Sul do mapa do Brasil, avistamos Pernambuco. Espremidos “Entre Sedes”, o que temos com isso?
A Paraíba não foi escolhida como sede da Copa da FIFA, não foi escolhida nem mesmo como espaço para sediar uma das seleções que participarão do Mundial, mas a iniciativa privada não perderia a chance de explorar a força de trabalho, os recursos públicos e o meio ambiente de nossa bela Paraíba, de nossa bela João Pessoa, que viverá durante a Copa 2014 “Entre Sedes”.
Quando o assunto é a passagem dos 6kg de ouro por João Pessoa, a população não tem nenhuma informação sobre quanto em recursos públicos será gasto ou mesmo quais os ganhos previstos para nossa cidade. Esses 6kg de ouro, mais de meio milhão de reais que formam a taça da FIFA (ou seria da Coca Cola?), serão expostos na Estação Cabo Branco no 11 de maio de 2014 (próximo domingo) e tudo que sabemos, nas palavras da Prefeitura, é que: “Para ter acesso ao local, onde a taça ficará exposta, o visitante terá que adquirir dois produtos da Coca-Cola que estarão sendo vendidos em João Pessoa, em 109 pontos de vendas na Capital”. O espaço é público e pagaremos para olhar a taça em pleno dia das mães, é isso mesmo?

Queremos Transparência e Participação?
João Pessoa receberá a exposição “Nós Falamos Futebol”[1], tentam dizer não ser um evento da FIFA, tentam limitar a organização da exposição ao National Football Museum e ao Qatar Olympic & Sports Museum, será que isso ocorre pelo fato da FIFA ser considerada por muitos/as a entidade mais corrupta do mundo? Afinal de contas a coleção da FIFA é parte importante da exposição que, não por acaso, estará presente nos países sede da Copa do Mundo, começando pelo Brasil e terminando em 2022 na Copa do Mundo de Futebol da FIFA.
João Pessoa será a única cidade do Brasil a receber a exposição “Nós Falamos Futebol”, mais que isso, será a única da América Latina. Estamos falando da maior exposição itinerante de futebol do mundo. Eu quero visitar a exposição, acredito que muitos querem fazer essa visita, mas não queremos essa visita a qualquer custo. Aqui falamos mais que em recursos materiais, pessoal e financeiro, tratamos também da defesa do Meio Ambiente.
Todos/as sabem que a Estação Cabo Branco, onde estão anunciando que será realizada a exposição “Nós Falamos Futebol”, foi construída em uma área que não suporta sequer sua estrutura de concreto. Como organizar naquele espaço um Mega Evento quando se sabe da necessidade de limitar as visitas e a circulação de veículos na “Estação Cabo Branco”? A Barreira do Cabo Branco não vem sendo derrubada simplesmente pelo mar, mas, principalmente, pela ingerência de gestores e especuladores que não aceitam limites para o lucro e crescem os olhos com a especulação imobiliária na região.
A exposição ocorrerá entre os dias 03 de julho e 19 de outubro de 2014, mas não localizei em local algum quanto de dinheiro público, e recurso público de forma geral, será gasto pela Prefeitura de João Pessoa e pelo Governo do Estado da Paraíba para eventos ligados a FIFA, a passagem da taça e a exposição “Nós Falamos Futebol”. Não sou grande conhecedor de futebol, mas como milhões de brasileiros eu também gosto desse esporte, assim como também gosto e entendo ser necessária, em qualquer governo, a transparência sobre o planejamento e o gasto do dinheiro público, elementos que a Lei Feral da Copa deixa de lado junto com nossa soberania.
Em meio a tantos protestos contra o derrame de dinheiro público para Copa da FIFA, em detrimento das políticas públicas, seria fundamental (no mínimo) a realização de uma consulta pública. Além de saber se a população da Paraíba é favorável a realização desses dois eventos relacionados à FIFA, é preciso que o Prefeito de João Pessoa e o Governador da Paraíba respondam algumas questões:

1.      Esse evento é parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de João Pessoa?
2.      Quanto em recursos públicos (material, pessoal e financeiro) cada esfera de Governo irá gastar com a exposição do futebol?
3.      A iniciativa privada, que visa lucro na realização de suas atividades, ganhará quanto com a vinda da Taça da FIFA e da exposição “Nós Falamos Futebol” para João Pessoa?
4.      Qual a expectativa de retorno financeiro para os cofres públicos e qual melhoria a vinda da Taça da FIFA e a exposição “Nós Falamos Futebol” trará para as Políticas Públicas de Saúde, Educação, Segurança, Mobilidade Urbana entre outras políticas públicas?
5.      Quais medidas serão tomadas para reduzir o impacto ambiental da grande quantidade de visitas, em um curto período de tempo, na área onde será localizada a exposição “Nós Falamos Futebol” e a Taça da FIFA?

Não é preciso ser grande estudioso para perceber o que querem fazer com nosso Recuso Público e Meio Ambiente, basta olhar os 109 pontos de lucro da Coca-Cola e a forma como a FIFA tem se apossado do nosso país.
Somos ou não somos independentes? É isso que a população de João Pessoa, e toda Paraíba, quer? Vamos aceitar isso sem o mínimo de informação? QUEREMOS OU NÃO QUEREMOS PARTICIPAÇÃO POPULAR? Vamos juntos/as pensar alternativas e refletir sobre o assunto, vamos pensar como um Comitê Popular da Copa!

Segue convite de evento organizado no Facebook:
EVENTO NO FACEBOOK- https://www.facebook.com/events/274695562711498/?ref=notif&notif_t=plan_edited






[1] http://joaopessoa.pb.gov.br/estacaocb/evento/we-speak-football-nos-falamos-futebol/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.