Siga o Blog por E-Mail.

terça-feira, 20 de maio de 2014

Contra o Ódio e em Defesa do Amor, Parabéns ao Movimento LGBT da Paraíba.

O PSOL é vanguarda na defesa das famílias brasileiras, de todas as famílias, tenham elas o formato que tiver; desde que respeitem legislações específicas, como o Estatuto da Criança e do Adolescente, e seja formada por amor e com o consentimento dos/as seu integrantes. Foi no Programa Eleitoral do PSOL que houve o primeiro Beijo gay da televisão brasileira; foi o PSOL, aqui na Paraíba, o partido a apresentar o primeiro candidato a prefeito assumidamente gay do Brasil.

É também na Paraíba que o Movimento do Espírito Lilás (MEL) produz e divulga o primeiro comercial com beijo gay do país (veja comercial no final do texto). Um comercial bem produzido e com um claro objetivo de combater a homofobia, não com o ódio pregado pelos fundamentalistas, mas com o amor e o carinho que deve existente em todas as formas de família.

Homofobia Institucional no Público e no Privado? Caso não exista uma boa justificativa ou mudança de postura, a resposta é sim.

Já é de conhecimento público que o Movimento LGBT foi proibido de entrar na Câmara dos Vereadores para protocolar um ofício pedindo a cassação das honrarias concedidas pela Câmara de João Pessoa, militantes foram agredidos fisicamente em pleno Dia Internacional de Combate a Homofobia; o que a população de João Pessoa ainda não sabe, é que os Vereadores/as da cidade votam pelas honrarias sem mesmo saber quem são os homenageados.

Em reunião com o Presidente da Câmara, o Vereador Renato Martins (PSB) disse em alto e bom som não conhecer ou saber o que fez Magno Malta, Silas Malafaia e Raquel Sherazade por João Pessoa, mas que votou e votaria novamente pela concessão das honrarias em respeito aos colegas Vereadores; e o respeito ao povo, onde fica? No mesmo sentido da Câmara Municipal, a rede Cabo Branco impõe censura ao comercial do MEL, dizendo só passar o comercial com o beijo após 21 horas (informação divulgada em diversos blogs).

Uma rede (Globo) que recentemente pediu desculpas pelo envolvimento com a Ditadura Militar; que após o almoço apresenta beijo de língua e imagens de grande apelo sexual nas novelas do turno da tarde; que expõe o corpo da mulher como mercadoria nos programas de auditório... querer pintar de moralista e impedir um simples “selinho” entre dois homens é, no mínimo, um ataque a nossa inteligência. Uma medida desse porte é um verdadeiro ataque a democracia brasileira, mesmo o Movimento LGBT pagando o espaço, ocorre esse gesto de ataque a comunidade LGBT; até mesmo o consumo é negado aos casais homoafetivos.


Fundamentalista ou Quer Aparecer?

Na caminhada da Cidadania LGBT, no momento da tentativa de protocolar um simples ofício, o Presidente do Diretório Municipal do PSOL de João Pessoa foi agredido fisicamente, arranhado, jogado no chão e arrastado para dentro da Câmara dos Vereadores de João Pessoa; no mesmo momento uma militante do Movimento LGBT, Martão, levou uma "gravata" e também foi arrastada para dentro do que deveria ser a casa do povo. O Presidente da Câmara disse que irá apurar o caso, que a dificuldade deve-se ao fato da segurança da casa ser Privada e ele ainda não saber o que fazer, pelo visto nem a Câmara escapa da privatização.

Uma Vereadora de João Pessoa, que poderia contribuir para paz em uma das capitais mais violentas do mundo, anda dizendo mentira pela Câmara e pelos meios de comunicação; acusando o Movimento LGBT e um Dirigente do PSOL de vandalismo. Não tenho certeza de que a Vereadora seja de fato uma fundamentalista, pelo baixo conteúdo apresentado por ela no debate, tendo a acreditar que ela quer simplesmente aparecer; no que depender dos lutadores/as sociais ela terá que aparecer nas delegacias, no judiciário e nas comissões da Câmara Municipal de João Pessoa, mas para depor e colocar a provar suas palavras.

Associar a violência dos seguranças da Câmara com a campanha contra a homofobia e, ao mesmo tempo, acusar o Movimento LGBT de vandalismo e de ser contra a família é o caminho do ódio. Eu prefiro ficar com o caminho apresentado pelo Movimento LGBT, o caminho do amor e da defesa da família, de todas as famílias!

Tárcio Teixeira
Pré-candidato ao Governo da Paraíba pelo PSOL/PB



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.