Siga o Blog por E-Mail.

terça-feira, 23 de julho de 2013

“Ocupe a Praça dos Três Poderes” é Convocado pelo Movimento Passe Livre João Pessoa para quarta-feira (24/07 – 15h)



O “Ocupe a Praça dos Três Poderes” é convocado como 6º ato do Avante João Pessoa/Movimento Passe Livre, a atividade será realizada na quarta-feira, 24 de julho de 2013- 15h. Além das centenas de militantes que formam o MPL/JP diversas entidades também participarão do “Ocupe a Praça dos Três Poderes”, entre elas as que compõem o Fórum dos Servidores Públicos da Paraíba, Movimento João Pessoa que Queremos e o Conselho Regional de Serviço Social da Paraíba.

Além da pauta pelo Passe Livre e pela Redução das Passagens soma-se a pauta específica de outras categorias e a exigência de aprofundamento da investigação e punição dos envolvidos no escândalo “Jampa Digital”.

O Movimento Passe Livre João Pessoa repudia a forma arbitrária como o Prefeito Luciano Cartaxo e o Governador Ricardo Coutinho desrespeitam o povo nas ruas ao não negociar com o Movimento. Seguiremos nas ruas até que nossa pauta seja atendida!

Venha conosco construir o “Ocupe a Praça dos Três Poderes” e tomar conta da frente do Palácio do Governador e da Assembleia Legislativa da Paraíba. Leve sua barraca para acampamento, alimentação, água, instrumentos musicais, cartolinas, tinta e pincel, seu grupo cultural e, principalmente, suas reivindicações!

Leve sua entidade, seus amigos e familiares!


Privatização da Rodoviária

Sucesso, não tem outro nome para Assembleia Popular Horizontal realizada, segunda-feira- 22 de julho, para debater as mazelas que envolvem o processo de privatização das rodoviárias da Paraíba. Militantes do Movimento Passe Livre João Pessoa, passageiros/as, trabalhadores/as e comerciantes da rodoviária foram unânimes ao denunciar o descaso do Governador Ricardo Coutinho com nosso patrimônio público e a relação desse descaso com a proposta de privatização hoje apresentada.

O aumento do valor da taxa de embarque, o esvaziamento da rodoviária com a ida de pessoas para pegar ônibus nas rodovias (evitando pagar taxa), a falácia de um melhor atendimento decorrente da privatização e o risco dos comerciantes serem prejudicados foram alguns do muitos motivos elencados pelos presentes para uma posição unânime contra a privatização das rodoviárias de João Pessoa e Campina Grande; motivos esses facilmente confirmados nos processos vividos em Pernambuco e no Rio Grande do Norte.

Exigimos um posicionamento da Assembleia Legislativa quanto a entrega do nosso patrimônio público para iniciativa privada, a licitação das rodoviárias agendadas para segunda-feira, 29 de julho, não pode acontecer.


O podo decidiu, não vai permitir a privatização da rodoviária!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.