Siga o Blog por E-Mail.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Movimento Passe Livre João Pessoa: ainda mais forte após ocupação da Assembleia Legislativa da Paraíba


Força, representatividade social e muita luta, foi o que demonstrou o Avante João Pessoa/Movimento Passe Livre nas últimas 35 horas. Truculência, Violência e Vandalismo Institucional foram as demonstrações de Ricardo Coutinho e Luciano Cartaxo nos últimos 35 dias.

Há décadas o povo de João Pessoa luta por transporte público barato e de qualidade, mas apenas nos últimos 35 dias essa luta tornou-se uma pauta nacional e a Paraíba entrou no cenário com toda autoridade. Nos dois atos nacionalmente organizados em nosso país (20 de junho e 11 de julho) João Pessoa foi destaque nacional; nas duas ocasiões tivemos um dos maiores, mais unitários e mais organizados atos do país.

Os 35 dias passados, também, foram marcados por descaso por parte do Prefeito Luciano Cartaxo e do Governador Ricardo Coutinho. Estes governantes,imaginaram que o movimento não teria força para continuar forte nas ruas, em nome disso enganaram o povo da Paraíba com a realização de reuniões que não apresentaram nada de concreto e em seguida não deram sequer a data de uma nova reunião.

Dito de outra forma, fomos tratados pelo Governador da Paraíba (PSB) e pelo Prefeito de João Pessoa (PT) da mesma forma como o Prefeito de Campina Grande (PSDB) tratou o movimento naquela cidade, como descaso e abandono.

Como resposta ao descaso dos “nossos” governantes nas últimas 35 horas estivemos organizando e ocupando a Assembléia Legislativa da Paraíba, fizemos isso com a presença e o apoio de dezenas de entidades da sociedade civil. Fomos ouvidos pela sociedade e pautados na mídia local e nacional. O governo municipal e estadual, ao contrário do Movimento, usou de Truculência, Violência e Vandalismo Institucional ao fazer de conta que nada acontecia (ou acontece) em nossa Paraíba.

Por outro lado as doações da população, de comerciantes da rodoviária, de sindicatos, de populares e da cotização entre os presentes na ocupação, deram conta de custear as despesas com alimentação, mostrando assim a força e o apoio pular dos/as que ocupavam a Assembleia Legislativa da Paraíba.

Nem mesmo o Deputado Anísio Maia, do mesmo partido que Luciano Cartaxo (PT), foi capaz de “abrir o coração” de Cartaxo; já os parlamentares ligados ao Governador Ricardo Coutinho (nenhum deles) sequer tiveram coragem de dialogar com o Movimento Passe Livre e mediar uma possível negociação com o Governador.

Felizmente a força do Avante João Pessoa/ Movimento Passe Livre é maior do que as elites da Paraíba imaginavam, ocupamos a Assembleia Legislativa da Paraíba às 16h do dia 24 de julho e só desocupamos após sermos recebidos pelo Presidente da Assembleia Legislativa que assumiu o compromisso de:

1. A Sessão Ordinária da próxima terça será transformada em Sessão Especial sobre transporte público;
2. O Procurador do Estado será convocado pela Assembleia Legislativa p/ prestar esclarecimentos sobre Jampa Digital na próxima quinta;
3. Presidente da Assembleia vai solicitar que Ricardo receba Movimento Passe Livre;
4. Deputados anunciaram que possuem número de assinatura suficiente para CPI do Jampa Digital;
5. CCJ aprovou requerimento para audiência pública sobre passe livre convocando Ricardo Coutinho, Luciano Cartaxo e representante do DER.

Desocupamos a Assembleia Legislativa da Paraíba às 17h do dia 25 de julho, 25 horas após nossa entrada no plenário de debates e votação. Além dos compromissos assumidos publicamente pelo Presidente da Assembleia Legislativa o Movimento Passe Livre foi informado pelos outros sete Deputados presentes que eles já possuem o número de assinaturas suficientes para dar entrada no pedido de CPI do Jampa Digital, estamos no aguardo.

A pauta que foi apresentada na Assembleia pelos militantes que ali ocupavam foi atendida, pauta essa ainda longe da que queremos do Governador da Paraíba e do Prefeito de João Pessoa; não à toa o Movimento já marcou a reunião de avaliação para sexta-feira, 26 de julho- 16h, na ocupação Tijolinho Vermelho; um dos principais objetivos será traçar os melhores mecanismos para o Governo do Estado da Paraíba não seguir com o absurdo projeto de privatização das rodoviárias de João Pessoa e Campina Grande, processo esse agendado para segunda-feira, 29 de julho de 2013, às 09h.


Venha conosco defender o patrimônio público!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.