Siga o Blog por E-Mail.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Passe Livre e Redução das Passagens: Boas Lutas Só com Boas Bandeiras e Grandes Conquistas!


Tárcio Teixeira*


Antes de qualquer coisa sugiro que as pessoas leiam o manifesto oficial do Movimento Passe Livre João Pessoa (MPL/JP) e vejam que esse ato não é para todos/as. O Manifesto é claro no que defende, é contra a onda conservadora que assola nossa sociedade, seja ela com a tentativa de impor a redução da maioridade penal, que é um crime contra a juventude do nosso país, ou a PEC 37. Pelo que vejo o MPL/JP é contra qualquer forma de fundamentalismo, em especial o que domina a Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados. Apesar dessas e outras bandeiras expostas no Manifesto, o foco de suas ações é claro: PASSE LIVRE PARA ESTUDANTES E DESEMPREGADOS, REDUÇÃO DAS PASSAGENS, MELHORIA DO TRANSPORTE PÚBLICO E APOIO AOS MILITANTES SOCIAIS EM TODO MUNDO.

O Ato construído para hoje (20 de junho de 2013, 16h) visivelmente não é para os que criminalizam a juventude e os Movimentos Sociais; muito menos para os que privatizaram o transporte público em João Pessoa ou para os que historicamente aumentaram as passagens e precarizaram nossa mobilidade urbana.

Existem pessoas que querem achar um líder para o Movimento Passe Livre, seja para torná-lo um bode expiatório de AÇÕES NÃO DECORRENTES do Movimento, seja para diminuir a força do nosso povo, o movimento não tem um/a líder específico. O movimento TEM DIREÇÃO, ou estou lendo errado o Manifesto Publicado e amplamente divulgado? A Direção é formada por comissões com tarefas específicas e DECISÕES TOMADAS COLETIVAMENTE E AMPLAMENTE DIVULGADAS NAS REDES SOCIAIS. Qual medo que as instituições públicas têm disso? Porque querem achar um ser iluminado? Para culpar ou chamar de oportunista os que lutam por direitos?

O Gigante (Povo Brasileiro) que hoje acorda DERRUBOU A DITADURA MILITAR que caçava/perseguia os Partidos de Esquerda e os Movimentos Sociais, assim como torturava e matava seus militantes. No ato do dia 20 de junho a população não vai tolerar qualquer forma de truculência. A Paraíba vai unida para o ato, todos/as sabem, ou deveriam saber, o que defende o MPL/JP (Leia o Manifesto). Soube que durante o ato todos/as ESTARÃO VIGILANTES para chamar a atenção dos/as INFILTRADOS QUE QUEIRAM JOGAR MILITANTES CONTRA MILITANTES. Temos uma pauta objetiva, sabemos quem a defende historicamente e ESTAREMOS DE BRAÇOS ABERTOS PARA RECEBÊ-LOS, sejam eles Partidos, Movimentos, Entidades ou Indivíduos. Nada de violência ou perseguição, derrotamos a Ditadura há muito tempo e ela não voltará! Pelo caráter democrático das ações realizadas em todo país é claro que não será permitido APARELHAMENTO DO ATO POR NINGUÉM, muito menos por uma Direita que governou e dirige nosso país, governa estados e quer “pintar” de independente e apartidária, mas basta ler suas prestações de contas e lá estarão as empresas de transporte e/ou seus executivos como doadores.

Quem tem autoridade sobre a polícia, ao menos teoricamente, é seu chefe, o Governador do Estado (Ricardo Coutinho), que declarou nas redes de televisão que a Política Militar vai desarmada para o ato. Esperamos que não seja mero jogo de palavras, ninguém é ignorante para saber que cassetetes, spray de pimenta, espadas e balas de borracha são armas que podem levar até mesmo a morte. Ficaremos felizes com o desarmamento da Polícia Militar, esperamos que a palavra do Governador seja cumprida.

Historicamente o Movimento Passe Livre apresenta sua proposta aos Prefeitos de João Pessoa, ou seja, as reivindicações são de conhecimento público, até mesmo porque o Superintendente de Mobilidade Urbana (Nilton Pereira de Andrade) do Prefeito Luciano Cartaxo acompanhou as negociações em diversos momentos, como técnico dos outros dois gestores que antecederam o atual Prefeito. Queremos abertura imediata das negociações!

Leia o Manifesto (postagem anterior) e verá que o ato tem um nítido caráter contra o conservadorismo e por transformação social, os que defendem essas bandeiras progressistas estarão no ato de hoje (20 de junho de 2013) e serão recebidos de braços abertos.

Não posso esquecer os últimos informes da inteligência, soubemos que o comércio irá parar 14h, que em diversas escolas não haverá aula e, PRINCIPALMENTE, que AS EMPRESAS DE ÔNIBUS VÃO TIRAR AS LINHAS DE ÔNIBUS PARA NÃO TER COMO AS PESSOAS CHEGAREM AO ATO. Não sei se essas informações são verdadeiras, mas ouvi dizer que quem tenha interesse em participar desse ato CONTRA O CONSERVADORISMO, POR PASSE LIVRE E REDUÇÃO DAS PASSAGENS deve CHEGAR MAIS CEDO NO LOCAL DO ATO.


TOMEMOS AS RUAS E CONQUISTEMOS DIREITOS!



* Tárcio Teixeira é Assistente Social do Ministério Público e Presidente do Conselho Regional de Serviço Social da Paraíba.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.