Siga o Blog por E-Mail.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Mentira


Quem meu coração pensa que é?
Por que acha que pode controlar minha mente?
Controlar meu querer
Controlar meu viver
Estou cansado de ser reprimido por ele
Abrirei meu peito
Pegarei meu coração pelo pescoço
Pisarei em seu pé
Olharei em seus olhos
Por fim, gritarei em seus ouvidos
“Não a quero mais”
“Não a gosto mais”
“Não a amo mais”
Depois o devolverei ao meu peito
Desse dia em diante, voltarei a viver

(Tárcio Teixeira)

Poema retirado do "Labirintos Dialéticos da Paixão", livro pronto há mais de dois anos e, em meio as inúmeras prioridades, nunca publicado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.