Siga o Blog por E-Mail.

domingo, 15 de abril de 2012

Dilema da Mediocridade.

A mediocridade é uma qualidade que pode levar o ser humano da estagnação para inveja em um estalar de dedos. O autoflagelo é uma das marcas que os acompanha. Aparências podem esconder a tristeza, os problemas familiares e maquiar uma suposta nobreza de caráter. Olhar a dificuldade alheia e alegrar-se pode ser uma das formas do medíocre maquiar seu flagelo.

O maior ensinamento de minha mãe foi algo milenar: “Amar ao próximo como a si mesmo” e “não faça aos outros o que você não quer que façam a você”. Após esses ensinamentos a vida acabou fazendo com que eu percebesse que entre as pessoas existe a luta de classes.

Minha curta jornada não permite a submissão de pedir intermediários para o que é meu direito; da mesma forma os fofoqueiros e olhos grandes não levarão meu direito ao submundo do silêncio. Aprendi que o público é para ser tratado publicamente. Aprendi a transformar meu torcicolo em energia limpa contra as meras aparências que favorecem as dores do mundo. Aprendi que o medíocre tem um fim em si, mesmo que fantasiado de meras aparências...

Forte Abraço
Eu Sou Tárcio Teixeira 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.