Siga o Blog por E-Mail.

sábado, 24 de setembro de 2011

Análise da Semana: DCE-UFPB e ASMP-PB!

Como é do conhecimento de boa parte das pessoas que participam do meu cotidiano, sou estudante da UFPB e servidor público estadual. Em cada um desses espaços sou representado por uma entidade diferente, na UFPB pelo Diretório Central dos Estudantes; no Ministério Público da Paraíba (MPPB) pela Associação dos Servidores do Ministério Público da Paraíba (ASMP-PB). Essa semana, enquanto no meu espaço acadêmico ocorreram as eleições do DCE, no meu trabalho foi lançado o edital das eleições da ASMP-PB.


DCE - UFPB

Na UFPB, mesmo sem bola de cristal, desde 11 de junho (data de realização de um COEB bem polêmico) eu já havia dito que o campo mais coerente da gestão Vira Mundo seria derrotado. Os valorosos militantes que formavam a Chapa 01 e 04, foram os mesmos militantes que fizeram as últimas lutas e processos organizativos da juventude no DCE UFPB, porém, infelizmente, optaram pelo caminho das diferenças e não o da unidade. O resultado foi a vitória de uma chapa que possui representantes das forças políticas que hoje entregam as políticas públicas da Paraíba para iniciativa privada.

Não irei prolongar essa temática, sobre ela, após ter sido acusado de fazer a política do “bonzinho” por uma companheira que admiro muito, só digo que: os companheiros que fizeram acusações que levaram a ruptura da unidade que vinha sendo construída até o COEB acima referido precisam ser responsáveis o suficiente para apresentar publicamente as provas até hoje não apresentadas (ao menos para mim), ou, e talvez essa opção seja a mais sensata, parar as acusações e buscar a unidade desses setores nas lutas sociais que estão ocorrendo. Não podemos é seguir uma divisão cega e transferi o mesmo debate para os CA’s e para as ruas, nosso inimigo é muito maior que nossas diferenças.

Apesar de ainda jovem no debate político, aprendi que não se faz política com o estômago ou inflando a raiva de seus pares em nome de uma autoconstrução, mas COM UNIDADE PROGRAMÁTICA. Apesar de triste com o resultado do processo eleitoral da UFPB, estou super animado com a organização de um grupo de servidores do MPPB que estão buscando renovar a ASMP-PB, e melhor, entendendo que renovação não se faz pela metade.


ASMP-PB

A cada dia meus colegas de trabalho estão mais animados, já não somos servidores apenas de João Pessoa, mas a bandeira da renovação já tem adeptos em diversas cidades onde existe MPPB. Além dos que já eram associados, outros tantos trabalhadores, percebendo a possibilidade de construir uma nova associação, estão levando suas fichas de filiação na sede da ASMP-PB.

Ainda sobre a ASMP-PB, outro fato animador é que o grupo que se forma não é oposição por oposição, são servidores dispostos a debater de forma coletiva uma gama de propostas extremamente coerentes. O debate desse grupo não passa por interesse em cargos ou vaidade de ser diretor da associação.

Não podemos seguir com uma associação na qual muitos servidores sejam associados apenas pelo desconto no plano de saúde, é hora de ampliar os convênios existentes e aproximar os servidores, nesse sentido, outras propostas que escutei desse novo grupo é a realização das “Olimpíadas dos Servidores” e confraternizações que envolvam um número maior de servidores.

A democratização da entidade, com a realização de assembléias regulares, reuniões de direção abertas e um mecanismo de comunicação que funcione, são propostas que os servidores precisam defender. Só organizados e unidos, podemos pensar em ter uma data base para os servidores, ter um debate aberto sobre o PCCS e seguir construindo o Sindicato dos Trabalhadores do MPPB.


Pela Unidade dos Servidores!

Os Novos de Hoje São os Antigos de Amanhã!

Nível Superior Não é Melhor que Nível Médio – Servidor é Servidor!

Renovação Não se Faz Pela Metade!

Por uma ASMP-PB Independente e dos Servidores!


VAMOS REFLETIR... Você acredita que o Diretor de um Sindicato dos Professores da Rede Estadual que tenha um cargo no Governo do Estado e salário bem superior ao dos demais professores vai levantar pautas que não sejam a do Governo e ter a mesma vontade de mudança que os demais que recebem um salário bem inferior?



MUDANDO DE ASSUNTO...

Seguem algumas fotos de como o movimento contra as privatizações foi tratado, gravações as escondidas que não sabemos quem as fez e muita polícia para o povo não entrar na Câmara Municipal de João Pessoa! Sigamos organizados, em breve publico o calendário da semana! Parabéns ao trabalho desenvolvido pelo Fórum Paraibano em Defesa do SUS e Contra as Privatizações.



Fotos: Tárcio Teixeira

Um comentário:

  1. Companheiro,para trazer algumas reflexões e somar no que você já falou, mas obviamente não concordando com tudo.

    Sobre o DCE da UFPB realmente é algo "polêmico", vejo que existe mesmo é um problema cultural de como se fazer movimento estudantil na universidade, como sabe, não faço parte de nenhum grupo político do ME na UFPB por uma opção mesmo, não sou anarquista nem desacreditada., mas a questão é que nenhum grupo me contempla, o que ocorre não contemplando nenhum estudante também.

    Eu acho que a questão desse COEB é bem mais complexa do que se apresenta, de fato é muito complicado estar revendo decisões em outro coeb... mas não vou me deter a isso.


    Creio que não foi uma simples escolha o racha da esquerda na UFPB, vejo que existem divergâncias de concepções, táticas e até estratégias dentro dessa esquerda, o que é bem claro até. Mas o erro da VIRAMUNDO foi não ter cumprindo ou sequer elaborado um projeto mínimo de ações, de formulações, do que se quer pra sociedade e universidade...

    E vejo atitudes lamentáveis dos grupos políticos do ME na UFPB , de uma lado um grupo que trabalha em cima da autoproclamação, um discurso que não dialoga, ultrapassando o fortalecimento de sua entidade em nome de qualquer coisa, e só quem conhece no dia a dia sabe o que eu estou falando, por que auto construção é uma coisa bem complicada, mas que grupo não o faz? Mas tem um limite até de aturar a autoproclamação.

    De outro um debate romantizado, dos iluminados, que são os bons e existe o campo "ruim".... isso é LAMENTÁVEL. Nunca vi tanto purismo.


    O nosso inimigo é sim maior, isso não há dúvidas.


    Mas unidade por unidade, com diveregencias até de principios é complicado, no mais é isso.

    ResponderExcluir

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.