Siga o Blog por E-Mail.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Parabéns João Pessoa! - "Saudades da Paraíba"

Oi gente,

Não lembro se já postei essa poesia no blog, mas em comemoração ao aniversário da capital da Paraíba, a linda João Pessoa, posto o "Saudades da Paraíba". Sem contar o intervalo que passei em Recife, hoje faço exatos 4 anos de João Pessoa, cada dia que passa tenho mais certeza do quanto foi certa minha escolha, uma cidade linda e de pessoas super acolhedoras. Escrevi essa poesia quanto tive que passar o referido intervelo na capital pernambucana, a mágica Recife. Na volta para João Pessoa eu já conheci outras maravilhas da Paraíba, algumas delas inclusive publicadas nesse blog.

Espero que gostem do "Saudades da Paraíba!




Saudades da Paraíba

Saudades da Paraíba
Da bela e fria neblina que cobre Campina, da estação velha, dos caminhos para Galante
Do sol ardente que ilumina o trânsito confuso da cidade de Sousa
Das ruas largas e organizadas de Cajazeiras
Do forte e bonito Futebol e São João do interior

Saudades da Paraíba
A sua vasta cultura muitas vezes desconhecida dos próprios paraibanos
Orquestras, Misturas de Ritmos e Forró...
Nau Catarineta, Reisados, Maracatus e Afoxés...
Teatro, Cinema, Cordéis e Poesias...

Saudades da Paraíba
Festa das Neves que me recebeu na chegada, que fiz aniversário de Paraíba
A praia do Seixas e seu extremo oriental das Américas
A Iemanjá das águas do Cabo Branco
As deliciosas tapiocas de Tambaú

Saudades da Paraíba
O Acolhimento do Jaguaribe
A Adaptação aos Bancários
O Trabalho no Cristo
A Grandiosa Mangabeira

Saudades da Paraíba
Dos giros em uma das mais conhecidas e belas Lagoas
Da vista de um dos mais belos Sítios Históricos
Dos trilhos que nos levam do Varadouro ao passeio de balsa Cabedêlo/Lucena
Dos trilhos que retornam pelo pôr do Sol do Jacaré, o mais grandioso que já vi

Saudades da Paraíba
Breve passada na pequena Ingá
Inúmeras idas nas agitadas Bayeux e Santa Rita
Minha desconhecida e aparentemente tão perto Guarabira
A distante e bela cidade do Conde e seu parque aquático

Saudades da Paraíba
As Longas areias da Indígena Bahia da Traição
A Natureza dos corais e barreiras de Jacumã e Coqueirinho
O Silêncio de Camboinha, Carapibus e Tabatinga
A Nudez inocente, às vezes nem tanto, da amada Tambaba

Saudades da Paraíba
Saudade que toma conta da minha mente e do meu corpo
Saudade que desenha em minha frente cada pessoa querida
Saudade escrita e lembrada com lágrimas no papel e no teclado
Saudades da Paraíba

(Tárcio Teixeira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.