Siga o Blog por E-Mail.

domingo, 26 de junho de 2011

Quando nos unimos muitos já haviam deitado sobre o seu corpo


Algumas mulheres eu já havia amado

Resolvi cobrir seu corpo com novos tecidos para suavizar sua pele desgastada

Nossa união veio ao acaso

Conseguimos uma união estável de mais de 10 anos

Meu maior relacionamento até o momento

Ao teu lado aprimorei minha sexualidade

Deitei e amei outras mulheres

Muitas outras me deixaram

Ao teu lado fui pai

Com você brinquei de esconde- esconde, papai e mamãe, cavalgada e meia nove

Ao meu lado mudastes para nove ruas, cinco bairros, dois estados e três cidades

Há algum tempo vivemos com meu novo amor

Vivemos essa fase de quartos largos

Superamos os cubículos da “nave” Apolo

Lembro das vezes que lhe emprestei para amigos e amigas

Das vezes que acordamos no meio da noite, acompanhados e sem saber como havíamos chegado ali

É verdade que não vivemos apenas alegrias

Mesmo ao seu lado já fui só

Derramei rios de lágrimas

Já fui abandonado

Adoeci sem ter quem cuidasse de mim

Passei momentos intermináveis de pensar e não poder compartilhar

Seja onde for...

Em grandes quartos, kitnetes ou galpões...

Serás armada com carinho

Ganharás uma mão de verniz, um colchão novo, e lençóis macios

Serás sempre uma cama útil e querida para outros que ainda deitarão sobre seu corpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.