Siga o Blog por E-Mail.

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Racismo e Marginalização da Juventude em Noite de Lazer!

Mano Negra clandestina
Peruano clandestino
Africano clandestino
Marijuana ilegal

(Manu Chao)


Posso ter alguns dos seus ricos minutos? É que vez por outra gosto de contar meu dia! Valeu, então vamos lá... Ontem, 29 de janeiro de 2011, após imprimir a primeira boneca da minha dissertação, ainda sem as observações de minha orientadora e conclusão por fazer, resolvi tomar um banho e sair com minha companheira para o Show de Manu Chao e em seguida ir conhecer o Papagaio Pirata.

Nove horas e dez minutos (21:10h) estávamos na parada, meia hora depois finalmente vinha o primeiro ônibus sentido praia – queimou parada! Mais alguns minutos e finalmente um ônibus completamente lotado, com uma juventude animada do Valentina, resolveu parar. Fui assaltado pelos empresários de ônibus, apoiados pelo prefeito (R$2,10 é um assalto), e passei a roleta.

Sabem o motivo da demora além de não ter ônibus para periferia? Batidas policiais na periferia. Os jovens que diziam trocar as TV´s do coletivo por ventiladores (pense num calor!) nos contavam que todos foram obrigados e descer do ônibus e levar aquele baculejo... Em nenhum outro show da Estação Nordeste disseram passar por isso. Outra coisa, nos show que as entradas custam mais caro (Vaquejadas, Festverão, boates elitizadas) não existe esse baculejo ou perseguição... Porque em? Tem droga lá não? O poder econômico é...

Ufa! Finalmente chegamos nas areias de Tambaú/Cabo Branco... A história do ônibus nos seguia, nunca vimos tantos policiais em meio ao Show, muito menos agressivos como estavam. As maiores vítimas? Jovens negros! Humilhados em seu primeiro Show internacional, para alguns o último, devido tamanho racismo! Quem é o chefe da Polícia Militar? No mínimo não anda de ônibus e usa suas drogas sem ser incomodado.

Uma verdade precisa ser dita, excelente a qualidade dos shows da Estação Nordeste! Mas dizer que é democrático e gratuito, com tamanha repressão e o preço da passagem como está... Paciência!

Nítida CRIMINALIZAÇÃO dos usuários de drogas, ou seria da juventude negra? Em Betânia (que show massa) vi várias pessoas com seus wiskis 10 ou 12 anos, também tinha maconha e drogas mais caras, mas por que esses não eram baculejados? Será que a política de redução de danos só serve para estes?

Felizmente o Manu Chao é um cara consciente e, além de sua camisa com grandes “folhas de palmeira”, combate a repressão e estava em um dia altamente inspirado. Deu um verdadeiro SHOW quebrando o protocolo e passando por cima da lei do silêncio. O cara estava verdadeiramente integrado ao público. Fez um bis que sem medo de exagerar, foi um novo SHOW!

Depois do SHOW, finalmente tive a oportunidade de conhecer o Papagaio Pirata, um bar alternativo, um espaço para boa música e artistas locais o ano todo – não em projetos pontuais ou como artistas secundários. Tive o prazer de rever a Banda Brasis, muito boa; e de conhecer a Banda A.Nexo, também de excelente qualidade, e pelo que vi, repleta de maravilhos@s compositor@s. E mais, pelo segunda vez desde que vim morar em João Pessoa, no mês de novembro de 2009, tive uma noite que pode ir além das 03h da manhã. Ainda tive o privilégio de poucos, pude, assim como na virada do ano, ver o sol que nasce primeiro no Brasil; seus raios vermelhos surgiam iluminando aquele mar maravilhoso, energizando os presentes e apontando a possibilidade de dias melhores.

O relógio já marcava 05:30h e queríamos ir embora. Assim como na vinda, não passava ônibus! Felizmente tínhamos como ir de taxi, diferente de tantos outros que lá ficaram. E como se nada pudesse estragar nossa noite, o taxista disse que a prefeitura quer fechar o Papagaio Pirata...

Parece que Ricardo não deixou nenhuma praça para o atual prefeito fazer, restou o trabalho sujo: aumentar as passagens, impedir os ambulantes de trabalhar, botar guarda municipal para estudantes e trabalhadores, impedir os músicos de ter onde tocar...


Não deixe nossa cultura entrar em extinção!

Não ao fechamento do Papagaio Pirata!

Não a proibição de música ao vivo nos bares e restaurantes!

Por mais espaços alternativos!
 
Não ao racismo!

Usuário não é traficante!
Chega de Criminalização, droga é uma questão de saúde pública.
Por uma Política de Redução de Danos.


Agenda de Luta:

1. Renião contra o aumento da passagem - 01/02 (terça) - 16h;
2. Ato descentralizado - Varios dias e vários horários (saber na reunião de terça);
3. Reunião de negociação com prefeitura e ato público - 04/02 (sexta).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi gente, comentem e façam sugestões! Abraço.