Siga o Blog por E-Mail.

terça-feira, 29 de junho de 2010

PSOL APRESENTA SUA CHAPA PARA AS ELEIÇÕES 2010

No último sábado, 26 de junho, a convenção do PSOL-PB confirmou o nome do professor Nelson Júnior como o candidato do partido a governador da Paraíba, tendo como vice governadora a sindicalista Ana Júlia.
Segundo o Professor Nelson o Psol entra na eleição para ser uma opção para todos os paraibanos que não desejam a reeleição do governador Maranhão mas que, por outro lado, também não concordam com a mudança de rumo do candidato Ricardo Coutinho, hoje aliado de Cássio (PSDB) e Efraim Morais (DEM). “Nessa eleição vamos por um fim aos 20 anos de (des)governo dos grupos Maranhão e Cunha Lima na Paraíba”.
A Convenção aprovou também os nomes de Marcos Dias e Edgard Malagodi para o Senado Federal. De acordo com Malagodi, os Senadores do Psol são uma alternativa para o eleitorado que está cansado de senadores fichas sujas. Neste sentido, Marcos Dias ressaltou que como a hora é de mudanças nada melhor do que mudar votando em candidatos ao Senado comprometidos com a ética política.

Por fim, a convenção do PSOL aprovou ainda os nomes de mais de 30 candidatos para concorrerem aos cargos de Deputado Estadual e Deputado Federal.

terça-feira, 15 de junho de 2010

Copa do Mundo- alienação, arte e luta de classes!

Admito! Mesmo sabendo das contradições impostas pelo capital, também ao futebol, eu entro no clima e vibro pela Seleção Brasileira. Um momento, ou melhor, um mês de uma euforia cidadã, no seu sentido mais liberal.

Com uma abertura simples e belíssima, mostrando: uma Copa não da África do Sul, mas de todo continente africano; de todos nos que nos sentimos diariamente subjugados pelo capital; dos que ficaram de fora da copa, tendo suas bandeiras representadas; apresentações tribais e os mais variados tipos de danças e músicas formando o mapa do planeta Terra antes da separação dos continentes; pés que indicavam o surgimento do homem partindo do continente Africano para povoar o mundo.

Por um mês, veremos não apenas um belo espetáculo do futebol, mas uma África sofrida, de um povo alegre sentindo-se incluído em meio a sua quase que total exclusão. Povo negro que lutou e ainda luta contra o racismo, intrínseco ao sistema capitalista, um exemplo de luta para todos os povos!

Um mês com as mais diversas raças supostamente igualadas entre as quatro linhas do campo, chutando a tão polêmica Jabulani, celebrando a possibilidade de “um outro mundo possível”, pelo esporte claro... não aquele jogado na rua com bolas improvisadas, mas o de milhões de dólares da rotineira lavagem de dinheiro do capital.

É... não podemos negar a beleza e a emoção proporcionada por esse clima alegria e de edição de imagens... não podemos negar que precisamos perceber bem mais do que nossos olhos permitem.

O clima de igualdade é tanto, que assim como em outros continentes, o presidente da África do Sul está atolado em corrupção. É tão igual, que até a Luta de Classes existe na região. Greve de motorista de ônibus e manifestação dos contratados (sabe-se lá sob que forma) para trabalhar na Copa, que em meio aos jogos perceberam ser roubados ao receber suas diárias com valores inferiores ao acordado.

Vejamos mais que as quatro linhas... Vamos curtir a Copa!

Isso é que é igualdade! Vai lá Brasil, vamos ser HEXA!

terça-feira, 8 de junho de 2010

Cautela

Como eu gostaria de saber se seu olhar é para mim

Como eu gostaria de saber se seu sorriso é para mim

Se suas mensagens são para um amigo ou para uma paixão

Se você não pode ser minha

Eu quero ser seu!

Se eu não posso sentir o perfume dos seus cabelos

Que você tenha seus cachos acariciados por mim

Se eu não posso lhe ter em meus braços

Que você seja abraçada por mim

Por medo de perder o pouco que tenho, não usarei da minha pouca coragem

Por medo de perder o pouco que tenho, eu correrei o risco de não fazer a sua vontade

Já sabia que tinha medo

Descobri que tenho muito medo

Queria muito ir além do seu olhar
Mas com cautela vou parar onde dá para enxergar